Publicado em 14 de julho de 2020

A Prefeitura Municipal de Cuitegi, Estado da Paraíba, vem por meio da presente nota  repudiar veementemente as ilações do vereador Raul Meireles (PSDB),  feitas em pronunciamento na Rádio Cultura FM 94.5 de Guarabira, em que acusa a Prefeitura de ter usado os dados de sua esposa Lidiane Coelho da Costa para realizar o cadastro da mesma para o recebimento do Auxílio Emergencial  do Governo Federal.

Esclarecemos ainda que o cadastro foi feito via aplicativo da Caixa Econômica Federal, segundo dados da Controladoria Geral da União – CGU.

A Prefeitura não compactua com essas insinuações nem usa desses métodos rasteiros, os dados dos atuais funcionários e de quem já foi funcionário, são armazenados de forma responsáveis e não são usados para barganhas políticas nem uso para fins eleitoreiro.

Informamos ainda que o fato só veio à tona, após a Controladoria Geral da União – CGU disponibilizar relação com os dados dos beneficiados do Auxílio Emergencial para cada municípios.

É a nota de repúdio e esclarecimento da Prefeitura Municipal de Cuitegi-PB.

Veja também